quinta-feira, 4 de outubro de 2007

UM POST POR BURMA



Free

Free

Free


Livre

Livre

Livre


As Lágimas De Buddha

Batem Levemente Por Sobre

Toda Burma

À Medida Que As Orações

Dos Monges Oprimidos

Ecoa Como Um Chamado

Pelas Bençãos

Da Deusa Liberdade


Buddha Chora

Buddha Chora

Buddha Chora


E Toda A Verdade Cósmica

Se Expande Em Prol

Daqueles Que Apenas Querem

A Deusa Liberdade

Lhes Retirando Da Tirania

De Homens Ferozes

Trajando Fardas Ferozes


A Deusa Liberdade

A Deusa Liberdade

A Deusa Liberdade


Aos Monges Elevo

Meu Eu Superior

E Peço Aos Filhos

Do Verdadeiro Sol Maior

Da Criação

Que Velem Por Eles

Nas Noites Onde

Corre Sangue

Nos Dias Onde

Corre Sangue


O Sangue Dos Monges

O Sangue Dos Monges

O Sangue Dos Monges


Por Burma Peço

A Todos Os Deuses

A Todos Os Altos

Ao Meu Verdadeiro Pai

À Minha Verdadeira Mãe

Que São

O Inominável Desconhecido

Em Um Inominável Poder

De Fontes Infinitas De Poder

Que Levem Um Sopro De Paz

Que Levem Um Sopro De Amor


A Verdadeira Paz

A Verdadeira Paz

A Verdadeira Paz


O Verdadeiro Amor

O Verdadeiro Amor

O Verdadeiro Amor


E A Minha Alma Eterna

A Minha Alma Eterna

Toda Aqui Nestes Versos

Pede Que A Verdadeira Paz

Pede Que O Verdadeiro Amor

Chegue Aos Vales Visíveis

E Invisíveis

De Burma

Doando Ao Povo Oprimido

As Coisas Seguras

Do Verdadeiro Ser

E Do Verdadeiro Viver

E Do Verdadeiro Estar

E Do Verdadeiro Existir

Na Criação


Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma


Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma


Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma

Pela Liberdade De Burma


Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma


Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma


Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma

Pela Paz Em Burma


Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma


Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma


Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma

Pelo Amor Em Burma


FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!

FREE BURMA!!!


Inominável Ser

POR BURMA LIVRE




Share:

0 Cadáveres Aqui Escavaram Suas Covas:

Covas Recomendáveis

Prosa De Um Coveiro Inominável

O Terror Inominável. O Horror Inominável. A Loucura Inominável. A Cova Aqui É A Do Puro Pesadelo Das Covas Mais Profundas E Elevadas. Vozes Estranhas Aqui. Sons Estranhos Aqui. Palavras Estranhas Aqui. Estranhas E Inomináveis. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Terror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Horror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Da Loucura Inominável.

O Coveiro Inominável

Minha foto
Nos Infernos, O Abismo
Visualizar meu perfil completo

Cavam Aqui Suas Covas:

Marcadores


Firefox

Firefox

Meu Perfil No Facebook

Obtenha visualizações gratuitas no Snap.com
Add to Technorati Favorites

Recent Posts

Unordered List

Theme Support