domingo, 7 de julho de 2013

Aquele Que Traz O Inominável Livro Do Abismo




Seus passos constituem as inúmeras marcas de alguém que já caminhou nos mais insanamente constituídos abismos de chamas, fogos, salivas, vômitos, fezes, sangue e barro. Chamas de três passos Dele. Fogos de nove passos Dele. Salivas de vinte e sete passos Dele. Vômitos de setenta e um passos Dele. Fezes de duzentos e treze passos Dele. Sangue de seiscentos e trinta e nove passos Dele. Barro de mil novecentos e dezessete passos Dele.

Seu odor pertence a todas as civilizações já mortas, um odor de insetos, ratos, baratas, lacraias, escorpiões, aranhas e larvas. Insetos determinados a serem extintos de civilizações já mortas. Ratos determinados a serem extintos de civilizações já mortas. Baratas determinadas a serem extintos de civilizações já mortas. Lacraias determinadas a serem extintos de civilizações já mortas. Escorpiões determinados a serem extintos de civilizações já mortas. Aranhas determinadas a serem extintos de civilizações já mortas. Larvas determinadas a serem extintos de civilizações já mortas.

Seus pensamentos são direcionados a tudo constituído pela podridão dos tempos passados, presentes e futuros. Tempos passados a falarem da podridão dos tempos presentes. Tempos presentes a afirmarem a podridão dos tempos passados e futuros. Tempos futuros a navegarem na podridão dos tempos passados e presentes.

Suas vestes são remendos e cada remendo é cantor de glórias e de desgraças nascidas do gozo da Carne e de profundas punhaladas. Gozo de carnes gloriosas. Profundas punhaladas gloriosas. Gozo de carne desgraçada. Profundas punhaladas desgraçadas.

Seus olhos emitem as luzes que se movem nos reinados obscuros das putrefatas verdades. Putrefatas verdades dentro da morte. Putrefatas verdades dentro da vida. Putrefatas Verdades Que São A Deusa Morte. Putrefatas Verdades Que São A Deusa Vida.

Seus lábios são da sedução mais selvagem, já beijaram Deuses Celestiais e Deuses Abismais. Deuses Celestiais Que Ditaram O Livro Que Ele Traz. Deuses Abismais Que Ditaram O Livro Que Ele Traz. Deuses Celestiais Que Junto Com Ele Escreveram O Livro Nas Mãos Dele. Deuses Abismais Que Junto Com Ele Escreveram O Livro Nas Mãos Dele.

Suas mãos já tocaram na Vestimenta Da Virgem e na Nudez Da Serpente. A Virgem cujas lágrimas foram a tinta da pena do Livro que Ele traz. A Serpente cujas escamas são as páginas do Livro que Ele traz. Virgem Gloriosa. Serpente Danosa.

Seus cabelos são mares, rios, lagos, cachoeiras e oceanos. Mares Antigos. Mares Do Abismo. Mares Dos Antigos. Rios Antigos. Rios Do Abismo. Rios Dos Antigos. Lagos Antigos. Lagos Do Abismo. Lagos Dos Antigos. Cachoeiras Antigas. Cachoeiras Do Abismo. Cachoeiras Dos Antigos. Oceanos Antigos. Oceanos Do Abismo. Oceanos Dos Antigos.

Seu rosto é todo rosto perdido e todo rosto encontrado na Escuridão Mãe Dos Prados. Rosto Perdido Dos Aclamados. Rosto Encontrado Dos Vigiados. Rosto Perdido Dos Soldados. Rosto Encontrado Dos Vigilantes.

Ele chegou até mim e me entregou O Livro Inominável Do Abismo. Era a noite mais sanguinária e era o dia mais perturbado. Era a hora menos determinada e era a não-hora menos procurada. Era o momento mais praticado e era o não-momento mais intrincado. Era o ritual menos viciado e era o não-ritual menos recomendado. Era o sonho mais belo e era o pesadelo mais desejado. Era o amor menos querido e era o ódio menos predatório. Era a raiz mais potente e era a árvore mais rangente. Era a sede menos assassina e era a água menos envenenante. Era a rede mais forte e era o peixe mais sobrevivente.

Eu era e eu fui e eu sou aquele que recebeu Dele aquele Livro. Este silenciou meus lábios. E o meu coração foi arrancado. E ele começou a comer o meu coração. Eu me tornei, então, o que Ele era. Eu sempre fui, na verdade, o que Ele era.

Inominável Ser
DO LIVRO
INOMINÁVEL
DO 
ABISMO

    

 
Share:

0 Cadáveres Aqui Escavaram Suas Covas:

Meu Perfil No Facebook

Esta Cova No Facebook

Prosa De Um Coveiro Inominável

O Terror Inominável. O Horror Inominável. A Loucura Inominável. A Cova Aqui É A Do Puro Pesadelo Das Covas Mais Profundas E Elevadas. Vozes Estranhas Aqui. Sons Estranhos Aqui. Palavras Estranhas Aqui. Estranhas E Inomináveis. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Terror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Horror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Da Loucura Inominável.

O Coveiro Inominável

Minha foto
Nos Infernos, O Abismo
Visualizar meu perfil completo

Cavam Aqui Suas Covas:

Marcadores


Firefox

Firefox
Obtenha visualizações gratuitas no Snap.com
Add to Technorati Favorites

Recent Posts

Unordered List

Theme Support