sexta-feira, 29 de julho de 2016

As Letais Lembranças De Nedhor Serah



As lembranças jamais deixam de ser respostas diretas aos guerreiros corpos, corações e almas. Elas almejam alcances dos mais velozes na concepção de rotas passíveis de contemplarem uma determinadora visão da Existencialidade. Lembranças como a do Planeta Elka Ser’yoot da Galáxia Aprasb, Universo Xtyar, em chamas, os habitantes empalados pelas cidades, os gemidos de todos os demais seres vivos em agonia… E Nedhor Serah estava entre os Soldados da Primeira Legião Keauriotheniana de Oroen Salleeb, o Primeiro Deus Guerreiro Keauriotheniano Da Sétima Face Anti- Cósmica, que incendiaram aquele planeta, empalaram os habitantes e geraram todos os demais dolorosos gemidos agonizantes.

As lembranças tocam a alma com pesadas mãos revestidas com toda a brutalidade das eras já vividas pelo Ser. Lembranças cantando sobre finalidades e adequadas necessidades que se foram sem nunca terem fixidez. Lembranças como a da Conquista Dos Noventa Mundos Primordiais Do Universo Huernool, localizados na Galáxia Veerdhka,  na qual os inimigos sobreviventes foram lançados vivos nas Fogueiras Astrais Harok sob o comando de Deasdero Harok, O Primeiro Deus Da Sabedoria Guerreira Keauriotheniana… E Nedhor Serah estava entre os Soldados comandado por aquele Deus e pessoalmente lançou milhares nas Fogueiras, milhares que não se limitaram apenas aos Soldados, mas também inumeráveis Seres de diversas Raças que habitavam aqueles Mundos.

As lembranças são mares que afogam nas mais aterradoras obscuras profundidades da consciência. É como um infindável amontoado de abismos incessantemente construindo outros abismos ainda mais profundos. Lembranças como a das mulheres estupradas e mortas no Planeta Onpuch da Galáxia Isda, Universo Oan, sob o comando de Rathara Can, A Primeira Deusa Da Morte Keauriotheniana… E Nedhor Serah estava entre os Soldados que estupraram e mataram milhões de mulheres que eram esposas de inimigos mortos na batalha onde aquele planeta foi conquistado.

As lembranças arrebatadoras intrigam e entregam à alma pulsantes certezas de labirínticos caminhos fora da norma correta dos acontecimentos. São aparecimentos e desaparecimentos catapultando e sepultando as esperanças e sonhos de paz, amor, harmonia, felicidade… Lembranças como a do Massacre Extinguidor Do Universo Ratpuren, aliado dos Bards na Guerra Do Destino Das Raças Eternas, com as mais sanguinárias ações do Império Keauriotheniano em toda a História Da Criação. Nedhor Serah estava entre os Soldados comandados por Andhtro Ocitilop, Deus Fundador Da Ordem Legionária Dos Assassinos Sagrados Cósmicos que levava o nome dele, uma das mais cruéis de todo o Império. Com sua espada e armas construídas a partir da avançadíssima Tecnologia Arcana Keauriotheniana, ele nem sabe dizer quantos Extinguiu cumprindo as ordens de seu tenebroso General…

As lembranças de outras Extinções em Massacres são assustadoras.

As lembranças de outras sumárias execuções são aniquiladoras.

As lembranças de outros estupros são vergonhosas.

As lembranças de outros empalamentos são desastrosas.

As lembranças de outras Fogueiras De Execução são impiedosas.

As lembranças de outros inimigos já vencidos sendo executados são abertíssimas feridas.

As lembranças de diversos seres vivos sendo destroçados das mais diversas maneiras são repulsivas.

As lembranças doem…

As lembranças roem…

As lembranças corroem…

As lembranças rompem…

As lembranças corrompem…

As lembranças irrompem…

As lembranças são semeadas…

As lembranças são colhidas…

As lembranças são Eternas…

As lembranças…

Nedhor Serah, Grande Da Magia Da Espada Solar Da Magia Eterna, membro da Grandeza Menor Keauriotheniana, é atormentado pelas lembranças e também é um Soldado leal aos seus Generais. Se as ordens foram dadas a ele, as mesmas devem ser cumpridas. Se outras ordens foram dadas a ele, também foram igualmente cumpridas. Foi assim até o último clangor de espadas que ele ouviu em um campo de batalha. Soldados Keauriothenianos obedecem e não possuem Autoridade para indagarem os seus Comandantes acerca de determinadas ordens. Soldados Keauriothenianos não possuem voz, são máquinas a serviço da manutenção do Primeiro Império Da Criação. Soldados Keauriothenianos, pertencentes à Primeira Raça Perfeita Da Criação, são apenas Soldados obedientes, prontos para receberem e executarem ordens superiores, apenas isso, dentro de suas respectivas áreas de atuação.

Nedhor Serah teve inumeráveis Eras de Existência e cumpriu inumeráveis ordens de inumeráveis Generais. Das mais macabras às verdadeiramente inenarráveis, cumpriu todas com frieza, impassibilidade, firmeza e silêncio. Nunca contraiu Matrimônio Eterno com uma das inumeráveis Guerreiras, Grandes, Deusas e Arquimestras Keauriothenianas que teve em seus braços. Gerou inumeráveis filhos e filhas que se tornaram desde Soldados como ele a Generais, tendo entre suas maiores descendentes Beria Serah, A Última Filha De Thades, Imperatriz Keauriotheniana, com a qual também relacionou-se sexualmente. Cumprindo ordens, O Mais Belo Dos Soldados Keauriothenianos foi elevado à Categoria de General Supremo por sua última amante, algo que jamais ambicionou e que teve de aceitar. E foi comandando 2.316 Legiões que ele encontrou seu último campo de batalha confrontando as Guerreiras Místicas Elevadas de Fothla Ocitilop Shodolon, Alta Entidade Da Luz Astral Eterna, poderosíssima filha de Thornadoriusis Shodolon e Amanorap Ocitilop. Sua última batalha foi no Planeta Plutão da Galáxia de Órion do Universo Genesis, Sede do Império Keauriotheniano. Sua última guerra foi A Guerra Do Destino De Eden Al Sophor, o Mundo Celestial Governante Da Criação, a Morada Eterna Do Automanifestado Governante da mesma. Seu último adversário foi o Alto Fogo Astral Eterna de Fothla, a consumir-lhe a Armadura e Espada Solares Místicas…

E, enquanto a pele dele queimava diante dos beijos do Elevado Fogo Místico Maior, a última lembrança o libertou da Matéria: a da sua primeira batalha em sua primeira guerra, contra o Império Dtsam no espaço de 9.232 Galáxias de Genesis, quando ainda pensava que ser um guerreiro lhe daria a oportunidade de ser um grande herói justo e nobre para toda a Criação.


Inominável Ser
BÉLICO
CRONISTA
INOMINÁVEL 




Share:

0 Cadáveres Aqui Escavaram Suas Covas:

Covas Recomendáveis

Prosa De Um Coveiro Inominável

O Terror Inominável. O Horror Inominável. A Loucura Inominável. A Cova Aqui É A Do Puro Pesadelo Das Covas Mais Profundas E Elevadas. Vozes Estranhas Aqui. Sons Estranhos Aqui. Palavras Estranhas Aqui. Estranhas E Inomináveis. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Terror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Horror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Da Loucura Inominável.

O Coveiro Inominável

Minha foto
Nos Infernos, O Abismo
Visualizar meu perfil completo

Cavam Aqui Suas Covas:

Marcadores


Firefox

Firefox

Meu Perfil No Facebook

Obtenha visualizações gratuitas no Snap.com
Add to Technorati Favorites

Recent Posts

Unordered List

Theme Support