domingo, 2 de julho de 2017

Eu Também Tenho Um Sonho...


Dark Women - Alex Sobolesky

Eu era apenas um menino de quinze anos, quando na escola te conheci, uma Deusa entre meros mortais que se prostraram aos seus pés. Eu fui um deles, um daqueles apaixonados pelos seus sorrisos, pela sua alegria, pela sua doçura e por cada inteligente palavra de seus lábios. Jamais pensei, no entanto, que você olharia para mim e me escolheria entre tantos garotos, uns mais altos e mais bonitos do que eu, outros mais ricos e muito mais inteligentes. Mas, você me escolheu naquela era onde tudo significa festa e descoberta, aquela escolha marcou nossas vidas. E você me disse que nunca sairia de perto de mim… E você me prometeu que nunca me abandonaria… Você disse… Você prometeu… Antes daquele dia, tudo fora dito e prometido também por mim… Antes daquele… dia…

Namoramos muito durante aqueles dez anos, sempre amigos um do outro, sempre bastante apaixonados. Fizemos planos para quando nos casássemos, longos planos após nossa independência financeira e ao fim das nossas faculdades. Teríamos cinco filhos (Giovani, Giovanna, Gianne, Gian e Giancarlo) e ficaríamos juntos até o fim de nossas vidas. Lembra que ríamos sempre enquanto planejávamos a nossa futura família? E de como divertíamos nossos pais e amigos contando os nossos planos? Lembra? Eram momentos de muita magia, de muita alegria, de muita paz e ternura… Momentos, querida, que passamos muito bem juntos antes daquele dia… Um momento antes… Bem antes… Bem antes daquele dia…

Na primeira vez que fizemos amor, foi como se viajássemos para outro mundo… Suas mãos… Minhas mãos… Seu corpo vibrando ao meu toque… Meu corpo todo tremendo de nervosismo… Você me acalmou, conseguimos completar aquela experiência e depois tomamos vinho juntos… Ficamos bêbados naquela noite, lembra? Bêbados de amor e por causa daquele vinho? Foi muito bonito, não foi? Foi, foi muito bonito, eu sei que foi… Você sabe que foi… Todos que nos conheciam sabem que nosso amor era recíproco, autêntico, maravilhoso, sublime, sincero e verdadeiro. Éramos o mais perfeito dos casais, o mais apaixonados, nunca brigando ou nos separando por causa de grandes ou pequenos problemas. Enfrentamos tudo juntos, sempre de mãos dadas e com as cabeças erguidas. Seguimos assim, muito antes, muito mesmo, daquele dia… É, seguimos… Antes daquele dia éramos os mais sublimes enamorados da Terra…

E me tornei Bacharel em Educação Física e você uma Engenheira Nuclear. Nosso casamento estava próximo, já havíamos planejado tudo muito antes, estava tudo completamente decidido. Iríamos nos casar uma semana depois de sua formatura, mas aquele dia… Meu Deus, aquele dia… Aquele dia foi… Eu penso que tenha sido um pesadelo… Foi um pesadelo… Foi… Eu não te vi naquele caixão… Você não foi atropelada por aquele caminhão desgovernado que subiu a calçada! Não foi! Não! Não foi! Não foi… Não, meu amor, você não morreu, mesmo que todos digam o contrário! Você não está morta, não está morta! E tudo que planejamos? E tudo que organizamos? E tudo que fizemos? Tudo que ainda iríamos planejar, organizar e fazer? Como me dizem que você morreu? Como me dizem? Como podem me dizer isso? Você está aqui, eu te vejo aqui, eu te sinto aqui! Aqui! Aqui! Aqui!

E te trouxe nossos filhos, veja os cinco aqui… Quando eu peguei cada um deles, me disseram que não eram meus, tive que tomar cada um à força. Não são lindos? Não são, meu amor? Logo, nós vamos estar juntos um do outro, vou levar nossos filhos conosco… Nunca gostamos de armas, mas essa pistola aqui era do meu irmão e a peguei para poder recuperar nossos filhos. É ela que vai nos unir novamente, meu amor… Nos unir junto com nossos filhos… Eu estou preparado para te reencontrar, você não morreu… Nossos filhos estão preparados para te conhecer, sentem muito a falta da mãe… Estão chorando, mas logo vão parar de chorar porque estarão em seu colo… Te amo muito, meu amor… Antes e depois daquele dia, meu amor por você é o mesmo… Sempre vai ser o mesmo… Sempre continuará sendo o mesmo…

Meu sonho com você não acabou, eu o tive desde que te conheci comigo, Elaine…  Aquele dia não acabou com ele, que sobrevive por causa da sua lembrança em meu coração, corpo e mente… Um sonho com os nossos filhos, Melissa… Um sonho com a nossa casa, Melissa… Um sonho com.a nossa família, Melissa… Uma bala para cada um de nós é o suficiente, o caminho até você será bem curto… Estou indo até você, indo ao sonho da minha vida… Ao meu sonho… Ao seu sonho… Está me aguardando, meu amor?


— Te aguardo como sempre te aguardarei, Giuseppe, seja onde for, esteja você onde estiver. Eu também te amo, venha logo… E traga as nossas crianças, preciso dessas crianças… E preciso de você, meu amor… E preciso do que você tem para me oferecer… Amor…


Inominável Ser
UM SER
QUE TAMBÉM
TEM UM SONHO




Share:

0 Cadáveres Aqui Escavaram Suas Covas:

Covas Recomendáveis

Prosa De Um Coveiro Inominável

O Terror Inominável. O Horror Inominável. A Loucura Inominável. A Cova Aqui É A Do Puro Pesadelo Das Covas Mais Profundas E Elevadas. Vozes Estranhas Aqui. Sons Estranhos Aqui. Palavras Estranhas Aqui. Estranhas E Inomináveis. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Terror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Do Horror Inominável. Sintam-Se Conduzidos Pelo Carro Inominável Da Loucura Inominável.

O Coveiro Inominável

Minha foto
Nos Infernos, O Abismo
Visualizar meu perfil completo

Cavam Aqui Suas Covas:

Marcadores


Firefox

Firefox

Meu Perfil No Facebook

Obtenha visualizações gratuitas no Snap.com
Add to Technorati Favorites

Recent Posts

Unordered List

Theme Support